Evasão em cursos de graduação presencias e virtuais de formaçao docente: um estudo a partir dos resultados do projeto guia

Este artigo apresenta resultados de pesquisa vinculada ao Projeto Alfa GUIA (Gestión Universitária Integral del Abandono), onde buscou-se trabalhar algumas características e perfis relacionados ao abandono estudantil na Educação Superior da área da Educação, considerando os alunos dos cursos de Peda...

Full description

Main Authors: Dos Santos, Pricila Kohls, Martins Giraffa, Lucia Maria
Format: Artículo
Language: Español
Published: Universidad Tecnológica de Panamá 2016
Subjects:
Online Access: http://revistas.utp.ac.pa/index.php/clabes/article/view/1111
http://ridda2.utp.ac.pa/handle/123456789/1909
Summary: Este artigo apresenta resultados de pesquisa vinculada ao Projeto Alfa GUIA (Gestión Universitária Integral del Abandono), onde buscou-se trabalhar algumas características e perfis relacionados ao abandono estudantil na Educação Superior da área da Educação, considerando os alunos dos cursos de Pedagogia e Licenciaturas, que estudam ou estudaram a distância. Foi realizada uma análise comparativa entre os dados publicados pelo Projeto GUIA (presenciais e distância), fazendo um recorte utilizando dados dos estudantes de cursos na modalidade a distância. A opção pelos cursos ofertados a distância buscou verificar possíveis diferenças entre as modalidades de ensino presencial e a distância no que tange as causas da evasão. A análise usou categorias elegidas a priori, as mesmas utilizadas no estudo publicado pelo Projeto GUIA do qual as autoras eram pesquisadoras participantes. Sendo as categorias definidas a partir das dimensões pessoais e sócio econômico, antecedentes acadêmicos e contexto institucional. As análises pautaram-se no marco teórico desenvolvido por autores como Tinto (1975), Mcculloch (2014) que abordam a questão usando dois eixos investigativos: identificação das causas da evasão para compor ações recuperativas e identificação de situações de caráter preditivo relacionadas ao comportamento associado àquele aluno que poderá evadir-se do sistema educacional formal. Os resultados mostraram que as possíveis causas do abandono do curso, por parte dos alunos, se mostram muito semelhantes em ambas as modalidades estudadas. Nesse sentido, a análise realizada aponta para a necessidade de outros estudos voltados para ações que garantam a permanência dos estudantes na Educação Superior a Distância, as quais devem ser consideradas como elementos-chave para evitar a evasão.