Evasão e as práticas de ensino: um estado do conhecimento a partir da clabes 2011-2013

Este estudo teve como finalidade investigar práticas de ensino que enfatizam a atuação docente, nos trabalhos brasileiros publicados nas três edições da CLABES (2011-2013), referente às ‘boas práticas’ que estejam relacionadas à evasão. Trata-se de uma investigação do tipo Estado de Conhecimento, a...

Descripción completa

Autores Principales: Guidotti, Viviane, Fernándes, Cleoni Maria Barboza
Formato: Artículo
Idioma: Español
Publicado: Universidad Tecnológica de Panamá 2016
Materias:
Acceso en línea: http://revistas.utp.ac.pa/index.php/clabes/article/view/1066
http://ridda2.utp.ac.pa/handle/123456789/1489
Sumario: Este estudo teve como finalidade investigar práticas de ensino que enfatizam a atuação docente, nos trabalhos brasileiros publicados nas três edições da CLABES (2011-2013), referente às ‘boas práticas’ que estejam relacionadas à evasão. Trata-se de uma investigação do tipo Estado de Conhecimento, a qual segue a perspectiva de Morosini (2006), consistindo em um estudo com o objetivo de mapear, organizar e analisar publicações referentes a um determinado tema. Os estudos que compuseram o corpus de análise citam o professor no ensino superior em relação às questões sobre permanência, redução da evasão e do abandono nos cursos de graduação. Foram identifica-dos, num primeiro momento, 19 trabalhos, a partir da leitura flutuante dos títulos e resumos dos trabalhos. Após uma leitura mais acurada dos resumos dos artigos, foram selecionados para a análi-se 14 trabalhos publicados, considerando o objetivo deste estudo. A organização da análise foi esta-belecida a partir de alguns princípios da técnica de Análise Textual Discursiva (MORAES, 2003). A construção desse Estado do Conhecimento permitiu uma compreensão, mesmo que inicial, sobre o abandono e a evasão, no sentido de uma construção como ponto de partida, favorecendo a continui-dade de outros estudos no campo da atuação do docente no ensino superior. Salientamos que frente à problemática da evasão se faz necessário, o envolvimento do professor, com as estratégias organi-zadas pelas Instituições. É essencial, diante do desafio de pensar e repensar um conjunto práticas de ensino, que tenham como objetivo aprimorar o processo de ensino, contribuindo para a permanência dos alunos.