IMIGRAÇÃO E CIDADE: ATIVIDADES DESENVOLVIDAS COMO MEIO DE SOBREVIVÊNCIA PELOS IMIGRANTES NO BAIRRO DO TOTÓ – RECIFE/PE

Procuramos entender a dinâmica migratória do estado de Pernambuco/Brasil para o bairro do Totó/Recife, considerando que há um relevante número de imigrantes do interior do estado neste bairro. Justifica-se o recorte de bairro pela importância que há em compreender, também, a dinâmica interna ao muni...

Descripción completa

Autores Principales: Gomes dos Santos, Julyana; Universidade Federal de Pernambuco, Moura de Castilho, Cláudio Jorge; Universidade Federal de Pernambuco, Ferreira, Rubio José; Universidade Federal de Pernambuco
Formato: Artículo
Idioma: Español
Publicado: Universidad Nacional 2012
Materias:
Acceso en línea: http://www.revistas.una.ac.cr/index.php/geografica/article/view/2112
Sumario: Procuramos entender a dinâmica migratória do estado de Pernambuco/Brasil para o bairro do Totó/Recife, considerando que há um relevante número de imigrantes do interior do estado neste bairro. Justifica-se o recorte de bairro pela importância que há em compreender, também, a dinâmica interna ao município recifense, pois analisamos o bairro como parte da totalidade e observamos que a pesquisa nesta escala é escassa. Nosso objetivo é, a partir da compreensão dos fatores “expulsionistas” e “atrativistas” do interior do esta do Pernambuco e do bairro do Totó, respectivamente, analisar a relação existente entre sobrevivência do homem através do trabalho e sua fixação na cidade. Assim, demos atenção ao envolvimento do homem com seu meio, levando em conta a estrutura que condiciona estes movimentos, no tempo atual. O método parte da pesquisa bibliográfica pertinente ao estudo. Contudo, os principais questionamentos foram respondidos através de entrevistas aos moradores imigrantes no bairro. Este trabalho é relevante como pesquisa geográfica, na medida em que se debruça sobre as relações destes imigrantes com seu território, sua perspectiva de sobrevivência, trazendo subsídios ao planejamento de políticas públicas para a população concernente, considerando a compreensão de sua dinâmica, tanto no bairro estudado quanto na cidade.